Mostrando postagens com marcador 14o. Enlihpe. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador 14o. Enlihpe. Mostrar todas as postagens

14.11.18

TRABALHOS DO 14 ENLIHPE PUBLICADOS NO YOUTUBE



Abaixo estão as exposições de trabalhos do 14o. ENLIHPE e seus respectivos links para o youtube.


Mesa de Abertura

Humberto Schubert Coelho - A importância da fundamentação transcendental e idealista para a ideia de importalidade do espírito.


Alexandre Fontes da Fonseca - O que não comprova a existência da alma?


Julia Nezu - A relação entre a Liga de Pesquisadores do Espiritismo e o Centro de Cultura, Documentação e Pesquisa do Espiritismo 

Marcelo Gulão - As investigações sobre a sobrevivência da alma

Marco Milani e Samuel Magalhães - Mesa de debates: A Gênese

Homenagem a Alfred Russel Wallace

Raphael Vivacqua Carneiro - Evocação de pessoas falecidas utilizando a prece e a varredura medianímica

Leandro Santos Franco de Aguiar - Mediunidade e sobrevivência: um século de investigações: a contribuição de Alan Gauld para o estudo da imortalidade

Luiz Fernando Bandeira de Melo - A sobrevivência da alma e o progresso moral em Sócrates

Elton Rodrigues - Ensaio sobre as anotações do Dr. Kerner com respeito aos fenômenos psíquicos da Sra. Frederica hauffe

Eric Vinícius Ávila Pires - Cesare Lombroso: da biografia à transição paradigmática

16.9.18

O ENLIHPE NO CORREIO.


Vista do público que participou do 14 Enlihpe

O jornal Correio Fraterno, do estado de São Paulo, publicou uma entrevista realizada conosco sobre o encontro da Liga de Pesquisadores do Espiritismo. Ela trata de temas instigantes, como por que pesquisar "Sobrevivência da alma" hoje.

Confiram! www.bit.ly/2PE8WJC


13.9.18

UNIÃO ESPÍRITA MINEIRA PUBLICA COBERTURA COMPLETA DO 14o. ENLIHPE



Mesa de abertura. Da esquerda para a direita: Alexander Moreira-Almeida (NUPES - UFJF), Jáder Sampaio (LIHPE), Samuel Magalhães (FEB), Felipe Stábile (UEM), A. J. Orlando (USE-Estadual), Júlia Nezu (CCDPE-ECM) e Raphael Carneiro (FEEES)

A União Espírita Mineira publicou recentemente uma matéria bem ampla explicando como foi o 14o. Encontro Nacional da Liga de Pesquisadores do Espiritismo - 14 Enlihpe. 

Com a presença de estudiosos de cinco estados e representações de quatro federativas, com a presença do presidente da USE-SP, A. J. Orlando, além de dirigentes de diversas instituições espíritas, o 14 Enlihpe possibilitou um estudo mais aprofundado sobre as pesquisas que se fizeram ontem e se fazem hoje acerca da Sobrevivência da Alma.

Foi realizada uma mesa de debates sobre as edições de A Gênese, os milagres e as predições segundo o espiritismo, de Allan Kardec.

Dois livros foram lançados: A sobrevivência da alma em foco, com os trabalhos dos expositores do evento, e Conversando com os espíritos. Os autores presentes tiveram espaço para autografar seus livros, como, por exemplo, Genealogia do espírito, de Humberto Schubert, Sócrates e religião, de Luiz Fernando Bandeira de Melo, entre outros. Os livros não esgotados podem ser adquiridos na livraria da União Espírita Mineira - Contato: (31) 3201-3038.

Mais detalhes podem ser lidos no endereço eletrônico abaixo:


Os interessados conseguem baixar as apresentações em powerpoint dos autores que as disponibilizaram ao público e as fotos do evento.

Aos que gostaram da palestra do Dr. Alexander Moreira-Almeida, recomendo o seguinte vídeo: https://m.youtube.com/watch?v=nNgomBLe5x8


20.8.18

PROGRAMAÇÃO DO 14 ENLIHPE






Acima está a programação do 14 Encontro Nacional da Liga de Pesquisadores do Espiritismo, que acontecerá em Belo Horizonte, nos dias 25 e 26 de agosto. As vagas já estão esgotadas.

14.8.18

EXPERIÊNCIAS DE QUASE-MORTE

O administrador Paulo Neto, estudioso espírita, teve aprovado para apresentação no 14o. Encontro Nacional da Liga de Pesquisadores do Espiritismo seu trabalho intitulado "Experiência de quase-morte: casos que evidenciam a sobrevivência da alma e explicações da doutrina espírita". Este artigo se tornou capítulo do livro "A sobrevivência da alma em foco", que lançaremos no evento.

Paulo Neto


Segundo Sleutjes e colaboradores, “Experiência de quase morte é uma experiência pessoal associada com morte ou morte iminente. Tais experiências podem abranger uma variedade de sensações, incluindo afastamento do corpo, sentimentos de levitação, serenidade total, segurança, calor, a experiência de absoluta dissolução e a presença de uma luz.”

Paulo relata diversos casos que ele retira da literatura de divulgação das pesquisas de EQM. Neles, encontraremos relatos de percepção de luz, de objetos específicos em lugares que não permitem percepção sensorial, descrições claras dos procedimentos de ressuscitação e do trânsito de pessoas na sala e sensações de paz.

O autor nos explica de forma didática a relação entre os registros do eletroencefalograma imediatamente antes e após uma parada cardíaca.

Após relatar diversos eventos descritos não explicáveis como resíduos de funcionamento dos neurônios do cérebro, da memória ou coisa semelhante, Paulo revê uma teoria desenvolvida por Allan Kardec, a da emancipação da alma, como candidata à explicação dos fatos recorrentes, mas ainda sem explicação com base apenas no funcionamento orgânico.

Se não conseguiu vaga no 14o. Enlihpe, confira o trabalho no livro e a apresentação no YouTube, após o evento.


Sleutjes, A; Moreira-Almeida, A; Greyson, B (2014). "Almost 40 years investigating near-death experiences: an overview of mainstream scientific journals". J. Nerv. Ment. Dis202: 833–6. doi:10.1097/NMD.0000000000000205PMID 25357254.

10.8.18

RECORDANDO AS PESQUISAS COM MÉDIUNS



Os médicos Eric Pires e Leandro Franco escreveram para o 14º Enlihpe dois trabalhos, que se encontram no livro “A sobrevivência da alma em foco”.


Eric Ávila


No primeiro trabalho levantam a contribuição de César Lombroso, médico italiano nascido em 1835. Após ter publicado trabalhos sobre o hipnotismo e ridicularizado a existência dos fenômenos espirituais, ele estudou, a convite de Chiaia, a médium Eusápia Paladino a partir de 1891, atribuindo-lhe inicialmente um diagnóstico de epilepsia e histeria. Após anos de estudos, Lombroso publicou em 1909 o livro “Hipnotismo e mediunidade”, no qual trata de inúmeros fenômenos de efeitos físicos e de temas como a fisiopatologia de Eusápia e de outros médiuns estudados à época. Ele reconhece a existência da mediunidade e dos espíritos.

Leandro Franco


No segundo trabalho, os autores fazem uma análise das principais teorias discutidas no livro “Mediunidade e sobrevivência”, escrito por Alan Gauld para divulgar cem anos de fundação da Society for Psychical Research, em Londres. Os estudos foram publicados por pesquisadores da casa, revistos ante a leitura dos procedures, e livros deles. Médiuns como Leonore Piper, Sra. Leonard, entre outros, têm seus fenômenos analisados à luz das teorias explicativas que surgiram. Gauld se posiciona favorável à hipótese da imortalidade para explicar fenômenos como manifestação de habilidades não aprendidas, “traços de personalidade, os propósitos, e todo um ponto de vista característico de uma pessoa outrora viva”. Com esta posição ele aponta fenômenos que teorias como a da super-percepção extra sensorial (super-PES) tem dificuldades em explicar.

23.7.18

UMA PESQUISA EXPLORATÓRIA ATUAL SOBRE A MEDIUNIDADE NO 14 ENLIHPE

Lamartine Palhano Jr. desenvolveu um método denominado "varredura medianímica" (Transe e Mediunidade, 1998) no qual diferentes médiuns se concentram em um mesmo objetivo proposto. Por exemplo, se alguém traz um caso de obsessão ao grupo, as diferentes percepções mediúnicas e anímicas obtidas sobre esse caso frequentemente são muito mais esclarecedoras, possibilitando a análise de convergências e divergências entre as percepções individuais, trazendo consequências muito interessantes à prática da mediunidade..

Neste trabalho que foi escrito por Raphael Vivacqua Carneiro, engenheiro, doutorando em Ciência da Computação, e Luana Poltronieri de Souza, graduada em Administração, mestre em Educação, pesquisadora do CNPq no grupo GEPEME, os autores relatam os resultados de 13 casos pesquisados com a utilização dessa metodologia em seu grupo. Eles estarão presentes no 14º Encontro Nacional da Liga de Pesquisadores do Espiritismo que acontecerá nos dias 25 e 26 de agosto na Sede Federativa da União Espírita Mineira, em Belo Horizonte - MG,  Brasil. Seu trabalho compõe um dos capítulos do livro "A sobrevivência da alma em foco".



Luana Poltronieri de Souza

Raphael Vivacqua Carneiro


Veja abaixo o resumo:

"Este trabalho explora o problema da sobrevivência da alma, realizando experimentos de evocação de pessoas falecidas por meio do método proposto por Palhano Jr., que utiliza prece e a varredura medianímica. Testamos a reprodutibilidade do método, avaliando a sua eficácia, as suas vantagens e as suas dificuldades práticas, numa equipe composta por 12 integrantes, com diferentes níveis de experiência prática no campo da mediunidade. Segundo o autor do método, as condições para a sua efetividade são: a formação de um campo psíquico coletivo, fruto da harmonia entre os participantes; a canalização do transe em direção a um mesmo alvo estabelecido, sem dispersões psíquicas; a utilização de todos os variados recursos anímicos e mediúnicos; a benevolência dos propósitos. Para testar a eficácia do método, utilizamos um protocolo para controle das informações obtidas medianimicamente. Realizamos experimentos envolvendo 13 pessoas falecidas, sendo que em apenas 8 desses casos estava presente alguém com forte ligação afetiva com o alvo. Os resultados obtidos sugerem que o método é eficaz, reproduzível e apresenta vantagens em relação à prática mediúnica mais comum."

Palavras-chave: evocação de espíritos, varredura medianímica, sobrevivência da alma.

17.7.18

MUITO PRAZER: FREDERICA HAUFFE.


A Vidente de Prevorst

Elton Rodrigues, físico e Carolina Machado, química industrial, vão apresentar o trabalho "Ensaio sobre as anotações do Dr. Kerner com respeito aos fenômenos psíquicos da Sra. Frederica Hauffe" no 14o. Enlihpe. O evento acontecerá na Sede Federativa da União Espírita Mineira, nos dias 24 e 25 de agosto de 2018. As inscrições estão esgotadas, mas o conteúdo poderá ser acessado no livro "A sobrevivência da alma em foco" e as apresentações serão futuramente publicadas via Youtube.


Abaixo, um resumo do trabalho.





Elton Rodrigues


Carolina Machado


"As pancadas em Hydesville são tidas como um marco histórico das tradições do espiritualismo moderno e do espiritismo. Porém, já antes disso, numerosos fenômenos evidenciaram a comunicação entre os vivos e os mortos, sendo, portanto, de relevância histórica para o conhecimento do movimento espírita brasileiro. As notáveis manifestações psíquicas da sra. Frederica Hauffe, estudadas e registradas pelo dr. Justinus Kerner, em 1829, é um desses casos. Este trabalho tem por objetivo realizar um levantamento dos fenômenos que podem ser interpretados como mediúnicos à luz do espiritismo, nas anotações realizadas pelo dr. Kerner, a partir das observações feitas por ele durante o tratamento realizado na sra. Hauffe, entre 1826 e 1829. Além do exame exploratório da obra do dr. Kerner, realizamos um levantamento bibliográfico, não apenas em Allan Kardec, mas também em alguns outros autores que citam os estudos realizados com a sra. Hauffe. Os resultados de nossa análise inicial são sugestivos de que há uma grande gama de informações contidas nas anotações do dr. Kerner que estão presentes na codificação espírita, algumas apenas com nomenclatura distinta."

13.7.18

TERMINADAS AS INSCRIÇÕES PARA O SALÃO DA UNIÃO ESPÍRITA MINEIRA: 14o. ENLIHPE



Após alguns dias de inscrições, já não há mais vagas para o 14o. Enlihpe no salão principal da sede federativa da União Espírita Mineira. A federativa disponibilizará outra sala com telão para os interessados em estar presentes. Se houver desistências, eles serão prioridade para ocupar as vagas que surgirem.

Convido os interessados a se inscreverem na sala 2, porque terão acesso aos livros, autores, expositores e outros participantes nos horários comuns.

Contamos com o entendimento das pessoas que desejam participar do evento.

Jáder Sampaio
pela Coordenação do 14o. Enlihpe

10.7.18

ABERTAS AS INSCRIÇÕES DO 14o. ENLIHPE


Estão abertas as inscrições para participação no 14o Encontro Nacional da Liga de Pesquisadores do Espiritismo. 



Sejam bem-vindos os interessados!


9.7.18

LUIZ FERNANDO FALA DE SÓCRATES NO 14o. ENLIHPE


Luiz Fernando Bandeira de Melo também apresentará um trabalho sobre o filósofo Sócrates no 14o. Enlihpe. Ele é doutorando em filosofia na Universidade de Coimbra - Portugal e coordenador do Estudo Sistematizado da Doutrina Espírita em duas casas espíritas de Uberlândia - MG: "O Consolador" e Estrada de Luz"







"Podemos apontar Sócrates como proponente do pensamento em que o conhecimento sobre a imortalidade da alma favorece consequências evolutivas morais para o ateniense? Perpassando os escritos de Platão encontramos passagens que propiciam tal interpretação no âmbito filosófico-religioso e que assim, autorizam uma resposta positiva. Objetivo assim este trabalho, para uma discussão sobre as interpretações de discursos socráticos portadores de ideias inovadoras onde a inegável imortalidade da alma condiciona a evolução moral do homem. Dentre as várias apresentações de Sócrates nos textos platônicos, privilegiarei nesta abordagem as que o mostra conhecedor do fim filosófico e religioso de sua missão deflagrada oracularmente de ajudar o próximo a conhecer-se melhor. Missão para a qual ele emprega o conhecimento sobre a imortalidade da alma e seu futuro após a morte do corpo em transmigrações sucessivas, como um fator determinante na transformação da moral do homem. Para fundamentar nossa interpretação sobre a doutrina socrática, será necessário expor argumentos para além da sua missão apolínea, observando o conteúdo das manifestações do seu daimon, um intermediário divino que o orientava em algumas decisões junto a interlocutores. Para tanto, além dos textos platônicos e os de Xenofonte, se tornarão úteis apontar alguns autores que também esclarecem o que pretendemos demonstrar a respeito do pensamento filosófico-religioso de Sócrates como inovador. Portanto, conduziremos nossos esforços neste trabalho para responder à questão: Sócrates agrega o conhecimento da imortalidade da alma à evolução moral do homem?"

O 14o. Enlihpe acontecerá na Sede Federativa da União Espírita Mineira, nos dias 25 e 26 de agosto de 2018. Na oportunidade os textos completos dos trabalhos serão disponibilizados no livro "A sobrevivência da alma em foco", publicado pelo Centro de Cultura, Documentação e Pesquisa do Espiritismo- Eduardo Carvalho Monteiro, em parceria com a Liga de Pesquisadores do Espiritismo. As inscrições ainda não estão abertas, mas as vagas serão limitadas.

6.7.18

MARCO MILANI; MAIS UM AUTOR DO PROGRAMA DO 14 ENLIHPE

Marco Milani é mais um expositor do 14o. Encontro Nacional da Liga de Pesquisadores do Espiritismo. Ele é de São Paulo - SP, mas atualmente reside no interior paulista, onde preside a USE Regional de Campinas.

Marco é professor da Unicamp, onde coordena autalmente o programa de pós graduação stricto sensu em administração. Foi entrevistado por Eliana Haddad, do Correio Fraterno, durante o 10o. Enlihpe, para tratar das relações entre as ciências e o espiritismo. É uma entrevista de apenas 8 minutos, na qual ele explica como os trabalhos do Enlihpe são selecionados.




Este anos, direcionamos a programação para o tema: sobrevivência da alma, aceitando os trabalhos sobre o assunto para apresentação oral, e aceitando para apresentação em forma de pôster os trabalhos igualmente bons, mas que não tratam do tema central, ou a pedido do autor.

O 14 Enlihpe acontecerá nos dias 25 e 26 de agosto de 2018, na sede federativa da União Espírita Mineira, em Belo Horizonte - MG.

30.6.18

14o. ENCONTRO NACIONAL DA LIGA DE PESQUISADORES DO ESPIRITISMO








Estivemos sem novas publicações nas últimas semanas em função da organização do 14o. Encontro Nacional da Liga de Pesquisadores do Espiritismo. 

O tema de 2018 será "Sobrevivência da alma" e foram aceitos trabalhos variados. A programação de estudos para o público geral é a seguinte:


PROGRAMAÇÃO – 25/08/18

Sábado

07h30            Recepção, credenciamento e entrega de material

08h25  Prece de Abertura

Palavras iniciais: LIHPE / CCDPE-ECM / USE / UEM / FEEES / NUPES

Conferência de abertura – É possível investigar a existência da alma? (Alexander Moreira Almeida – Núcleo de Pesquisa em Espiritualidade e Saúde da Universidade Federal de Juiz de Fora – NUPES-UFJF)

Palestra - A importância da fundamentação transcendental e idealista para a ideia de imortalidade do espírito. (Humberto Schubert Coelho - Núcleo de Pesquisa em Espiritualidade e Saúde da Universidade Federal de Juiz de Fora – NUPES-UFJF)

Trabalho 1 - Tema: O que não comprova a sobrevivência da alma? (Alexandre Fontes da Fonseca – União das Sociedades Espíritas de São Paulo – Regional Campinas e Editor do Jornal de Estudos Espíritas)

Palestra 2 - A relação entre a LIHPE e CCDPE-ECM (Júlia Nezu – Presidente do Centro de Cultura, Documentação e Pesquisa do Espiritismo - CCDPE-ECM – São Paulo)

Trabalho 2 - Tema: As investigações sobre a sobrevivência da alma (Marcelo Gulão – Professor de História do Colégio Naval – Rio de Janeiro)

Trabalho 3 – Tema: Prova da sobrevivência da alma (Paulo da Silva Neto Sobrinho – Centro Espírita Manoel Felipe Santiago – Belo Horizonte)

Mesa: A Gênese (Coordenação Jáder Sampaio – Associação Espírita Célia Xavier-Belo Horizonte-MG, Marco Milani – União das Sociedades Espíritas de São Paulo – Regional Campinas, Universidade de Campinas e Samuel Magalhães – memorialista espírita, autor do livro “Ana Prado, a mulher que falava com os mortos”, membro do Centro de Documentação Espírita do Ceará - CDEC e organizador, junto com o Luciano Klein, do Memorial Bezerra de Menezes, em Fortaleza, além de colaborador da FEB, na área da memória e documentação)

Apresentação de Pôsteres: Um estudo das cartas de Chico Xavier (Alexandre Caroli Rocha – Doutor em Literatura do Programa de Teoria e História da Literatura da Universidade de Campinas – Unicamp), Evidências televisuais da matriz religiosa espírita na produção teledramatúrgica nacional (Marcos Vinícius Meigre e Silva – Doutorando em Comunicação pela Universidade Federal de Minas Gerais)

Homenagem: Alfred Russel Wallace (Jáder Sampaio – Associação Espírita Célia Xavier – Belo Horizonte-MG)

17h20 Encerramento do dia


17h30 Assembleia da Liga de Pesquisadores do Espiritismo – LIHPE (para membros da LIHPE)


Domingo - 26/08/2018


8h30   Prece de Abertura

Trabalho 4 – Tema: Experimentos de evocação de pessoas falecidas por meio do método de varredura medianímica (Raphael Vivacqua Carneiro – Grupo de Pesquisa Lampejo e Núcleo de Pesquisas da Federação Espírita do Estado do Espírito Santo – Doutorando da Universidade Federal do Espírito Santo)

Trabalho 5 – Tema: Mediunidade e sobrevivência- um século de investigações: a contribuição de Alan Gauld para o estudo da imortalidade (Leandro Santos Franco de Aguiar e Eric Vinícius Ávila Pires - Associação Médico Espírita de Minas Gerais)

Trabalho 6 – Tema: A sobrevivência da alma e o progresso moral em Sócrates (Luiz Fernando Bandeira de Melo – Doutorando em Filosofia na Universidade de Coimbra - Portugal)

Trabalho 7 – Tema: Ensaio sobre as anotações do Dr. Kerner com respeito aos fenômenos psíquicos da Sra. Frederica Hauffe (Elton Rodrigues e Carolina Machado- Associação de Física e Espiritismo da Cidade do Rio de Janeiro)

Trabalho 8 – Tema: Cesare Lombroso: da biografia à transição paradigmática (Eric Vinícius Ávila Pires e Leandro Santos Franco Aguiar - Associação Médico Espírita de Minas Gerais)

11h55 Comentários finais e prece de encerramento


O evento acontecerá na União Espírita Mineira - Sede Federativa, situada na Avenida Olegário Maciel 1627 - Lourdes. Belo Horizonte - MG

As inscrições ao público serão gratuitas, mas limitadas e ainda não estão abertas, informaremos assim que disponíveis.

Informações sobre hotelaria:

Os indicados para ficar perto da UEM são os itens 01 e 02.

1- Hotel Royal
Endereço: R. Rio Grande do Sul, 856 - Lourdes, Belo Horizonte - MG, 30180-002

Telefone: (31) 2102-0000 

2 - Promenade Bh Platinum (na Av. da União Espírita Mineira) Endereço: Av. Olegário Maciel, 1748 - Lourdes, Belo Horizonte - MG, 30180-111

Telefone: (31) 2125-3800 

3 - Hotel Ibis Budget Belo Horizonte Minascentro (07 quarteirões da UEM,  perto do Mercado Central) Endereço: Av. Bias Fortes, 783 - Lourdes, Belo Horizonte - MG, 30170-011

Telefone: (31) 3343-6400 

4 - Ibis Belo Horizonte Liberdade Hotel (Bairro próximo para se locomover de carro, perto da Praça da Liberdade e da Feira Hippie) Endereço: Av. João Pinheiro, 602 - Lourdes, Belo Horizonte - MG, 30130-180 
Telefone: (31) 2111-1500 

5. Hotel San Diego Express, Endereço: Av. Barbacena 41 – Barro Preto, entre a Via Expressa e a Av. Augusto de Lima. (Bairro próximo para se locomover de táxi ou Uber) 

Telefone: (31) 3614-3750


Apoio