31.7.11

O 7o. ENLIHPE ESTÁ CHEGANDO



O Sétimo Encontro Nacional da Liga de Pesquisadores do Espiritismo ocorrerá nos dias 20 e 21 de Agosto, em São Paulo - capital.

O tema deste ano é "Espiritismo e Ciência: Objetos, Fronteiras e Métodos de Investigação".

Local do evento: Centro de Cultura, Documentação e Pesquisa do Espiritismo - Eduardo Carvalho Monteiro. Alameda dos Guaiases, 16 - Planalto Paulista, São Paulo.

As inscrições estão abertas e são limitadas. Podem ser feitas pelo e-mail

7enlihpe-inscricao@ccdpe.org.br




Taxa de inscrição: 50,00

Depósito Banco Itaú, agência 0745, c/c 60.000 - 7 em nome do Centro de Cultura, Documentação e Pesquisa do Espiritismo Eduardo C Monteiro. Enviar comprovante pelo e-mail acima.

Informações pelos fones 11 - 5072.2211(secretaria ccdpe) e 11 - 5561.5443 e 11 - 9983.8425 com Márcia Carvalho Monteiro

Trabalhos Escolhidos.

Serão apresentados de trabalhos que foram previamente inscritos e selecionados por uma comissão avaliadora. Os temas e autores serão divulgados em breve.

Divulgação de Livros:


Durante o evento serão lançados e divulgados os seguintes livros:





O Espiritismo visto pelas áreas de conhecimento atuais é uma seleção de trabalhos apresentados no 6o. Encontro Nacional da LIHPE. Trata de temas na fronteira entre o espiritismo e a física, a política, a sociologia, a psicologia, o jornalismo, a educação de jovens e adultos e também um novo levantamento de teses e dissertações de temática espírita defendidos no Brasil.




O movimento espírita pelotense, escrito pelo historiador Marcelo Freitas Gil, da LIHPE, usa dos recursos da História Cultural para compreender a origem e constituição do movimento espírita de uma das cidades que tem pouco menos de 6% de espíritas que se declararam como tal ao censo.


É possível usar o instrumental das ciências naturais para se pesquisar fenômenos espirituais? Esta pergunta é a base do trabalho de Alfred Russel Wallace, naturalista conhecido pela sua teoria da evolução das espécies, em parceria com Charles Darwin. Wallace detêm-se no pensamento de David Hume, cujos argumentos contra a possibilidade da pesquisa dos milagres influenciou gerações de filósofos posteriores. Wallace também discute a posição filosófico-histórica que situa a crença em espíritos em sociedades primitivas, criando, assim, um óbice à sua adoção por homens considerados civilizados ou modernos.
 
É a primeira tradução para o português que temos notícia, o que incentivou a editora a lançá-lo mais de um século depois de escrito, dada a sua atualidade e importância.
 
 
Os primórdios do espiritismo em Goiás, foi escrito pelos irmãos Airton e Eurípedes Veloso, mineiros radicados no estado goiano e trabalhadores da Federação Espírita do Estado de Goiás. O livro é o primeiro que integra a série "Memória Espírita do Estado de Goiás" e segundo o segundo autor é "uma peça do  memorial representado pela LIHPE". Os autores participaram do ENLIHPE e utilizaram sua formação em história e seu conhecimento do movimento goiano para produzirem este belo trabalho.
 
Outras Informações:
 
Mais informações podem ser obtidas no site www.ccdpe.org.br, inclusive preços de hotéis indicados para os participantes que vêm de fora de SP.

 


Um comentário:

Rita Foelker disse...

Parabéns pelo cuidadoso trabalho com o texto do Wallace. Sobre isso, olha só: "Milagres" são possíveis? foi a postagem de hoje no blog Ciência do Invisível: http://cienciadoinvisivel.blogspot.com/2011/08/milagres-sao-possiveis.html
Beijo.