5.2.11

MOEDAS DO EVANGELHO: ÓBOLO E LEPTO



Figura 1: Óbolo de bronze


Os evangelistas Marcos (12:41) e Lucas (21:2) narram o episódio de uma viúva pobre que doou "duas pequenas moedas que valiam um quadrante". Jesus valoriza mais a doação desta viúva que a dos demais doadores por ser capaz de doar o que lhe faria falta, enquanto os demais doavam o que lhes sobrava.

Figura 2: Óbolo de prata

Haroldo Dutra (O Novo Testamento) entende que esta moeda seria o lepto, que seria "a menor das moedas judaicas", feita de cobre com valor estimado em 1/8 de centavo.

Figura 2: Lepto de bronze (frente)


Há contudo uma moeda grega com o nome de óbolo (do grego ὀβολός), com valor equivalente a 1/6 de dracma. O óbolo era feito de prata e posteriormente de cobre. O texto de numismática que consultei afirma que o óbolo era colocado sob a língua dos mortos gregos para que pudessem pagar a Caronte, o barqueiro da mitologia, a travessia do Estige, rio que separava o mundo dos vivos do mundo dos mortos. (http://numismaticabentes.wordpress.com/2010/02/16/introducao-a-numismatica/ )

A passagem dos dois evangelistas foi denominada como o óbolo da viúva. Cabe comentar que a palavra óbolo tem também o significado de pequeno donativo.

A moeda denominada quadrante, citada no texto de Marcos, parece ser uma moeda em cobre, Romana, do período do império, de baixo valor. Pode-se ler um pouco sobre as moedas romanas no site http://www.angelinicoins.com/Hist/ImpRomano/MundoRom.html

Nenhum comentário: