12.8.14

PESQUISAS HISTÓRICAS SOBRE MEDIUNIDADE NA ESPANHA E NA FRANÇA

Andrea Graus


Essa bela jovem é a Profa. Andrea Graus, da Universidade Autónoma de Barcelona. Esbarrei em seu trabalho por acaso com a divulgação de um artigo cuja tradução livre do título seria: Hipnose na Espanha (1888-1905): Do espetáculo ao tratamento da mediunidade. Neste trabalho ela recupera a introdução da hipnose na Espanha por espíritas, que fizeram uma clínica filantrópica usando esta técnica. Ela conclui que a clínica foi efetiva “na promoção do uso da hipnoterapia, entre os médicos, como prática clínica, e também como tratamento médico para os pacientes das classes menos favorecidas da sociedade espanhola”.

Infelizmente ainda não consegui o artigo completo, apenas o resumo. Qual não foi minha surpresa quando encontrei no currículo dela outras publicações sobre o espiritismo, incluindo um artigo comentando a dissertação de Alexandra Bacopoulos-Viau, cuja tradução do título ficaria: “Escrevendo a mente. Escrita automática na França, 1937-1930. http://dissertationreviews.org/archives/5494
Neste trabalho, Andrea nos apresenta um texto cuja narrativa começa com Allan Kardec, passa pela famosa médium Hélène Smith , estudada por Theodore Flournoy e culmina com o uso da técnica da escrita automática pelos poetas surrealistas franceses. 

A musa da escrita automática, do livro A Revolução Surrealista, obtido do artigo de Graus


Segundo Graus, Bacopoulos focaliza seu trabalho em André Breton e nas mulheres escritoras deste grupo. Ela entende que houve uma transformação da concepção das médiuns como histéricas (como Flournoy entendia o fenômeno de Hélène Smith) ou doentes mentais em escritoras do inconsciente.

Ela tem também um capítulo de livro intitulado “Duplos ou espíritos? As teorias do desdobramento ante o espiritismo na Espanha dos princípios do século XX”. Neste trabalho ela expõe dois casos, o da médium Teresa Esquius, estudada pelo médico Víctor Melcior, e o da médium Carmen Domínguez, cujas faculdades foram objeto de debate entre o astrônomo Josep Comas e o espírita Jacint Fornaguera. (https://www.academia.edu/6494795/_Dobles_o_espiritus_Las_teorias_del_desdoblamiento_frente_al_espiritismo_en_la_Espana_de_principios_del_siglo_XX)

Ver o espiritismo francês e espanhol sendo desenterrado por uma nova geração de pesquisadores é um alento, não importa que posições eles venham a adotar com relação ao entendimento dos fenômenos. Desejo sucesso e um futuro prolífico à Profa. Andrea.


5 comentários:

Tiago de Lima Castro disse...

Muito legal Jáder!

Incrível que estas pesquisas parecem estar ressurgindo em diferentes locais ao mesmo tempo.

Pensando nisso, só me vem a frase do Conan-Doyle: "invasão espiritual organizada"...

Tudo de bom!

Tiago

almd disse...

Olá Jader,

No Academia.edu há alguns trabalhos de Andrea Grauss, inclusive a dissertação de mestrado. Há também um link para a página da orientadora dela, Annette Mülberger, que tamém escreve sobre os mesmos temas. Por exemplo, Marginalisation de la parapsychologie et du spiritisme dans le discours scientifique en Espagne.

Sara Zimmermann - Editora Allan Kardec disse...

Olá Jader,

Venho acompanhando o seu blog há algum tempo, e achando o conteúdo muito interessante. Parabéns!

Em nome da Editora Allan Kardec, gostaria de saber, caso possívrl) sobre como proceder para apresentar nossas obras aos colaboradores do Blog, e respectivamente, ao público do blog. Podemos falar a respeito?

Abraços e obrigada!
Sara Zimmermann
contato.online@allankardec.org.br
www.allankardec.org.br

Jáder Sampaio disse...

Sara, eu normalmente comento o que leio. Não tenho como prometer que vou ler os livros que você me enviar, mas posso colocar na "fila". Você já viu o perfil do site, gostamos de livros informativos, de estudo, que não sejam do estilo "auto-ajuda". Eu gostaria de conhecer seu catálogo e sua editora, quem sabe este contato não se transforma em uma matéria ou entrevista?

Jáder Sampaio disse...

Almd, foi no Academia.edu que encontrei os textos que sintetizei. Consegui mais um no Periódicos Capes. Obrigado pela dica da orientadora dela!