19.2.08

Wallace e o Juiz Edmonds




Três homens de ciência anglo-saxões foram destacados na revisão que Alfred Russel Wallace fez do "estado da arte" do espiritualismo moderno: Augustus de Morgan (University College of London), o Juiz Edmonds (Nova York) e Robert Hare (Universidade da Pensilvânia) Ele reproduziu um trecho de carta de Edmonds publicada no "New York Herald" em 1853: "Iniciei as pesquisas pensando em uma ilusão e em tornar pública a minha explicação desta. Tendo chegado, a partir de minhas pesquisas, a uma conclusão diferente, sinto que a obrigação de tornar conhecido o resultado é tão justa quanto imperativa."

Um comentário:

Marcus Papa disse...

Para aqueles que ainda acham a ciência distante das questões do espírito, recomendo este livro. E mais: pra quem não conhece muito sobre Alfred Russel Wallace, vale uma pesquisa (na internet mesmo) sobre quem foi ele. É impressionante como temos cientistas sérios e renomados que apoiam e corroboram com as descobertas (sérias) do espiritualismo (consequentemente, do Espiritismo).

Abraços.
Marcus Papa.