25.5.08

Conheça "O Médium"


Figura 1: Capa da Revista "O Médium" de mar/abr 2008

A Revista "O Médium" é uma das media mais tradicionais de Minas Gerais. Foi fundado por Jesus de Oliveira, jornalista que mantinha uma coluna espírita no seu jornal da Zona da Mata. Há 75 anos, este ato não foi bem aceito pela sociedade de Juiz de Fora e ele sofreu ataques de diferentes segmentos da sociedade, alguns apenas verbais, outros violentos. Em um ato de coragem, Jesus resolveu criar um órgão totalmente espírita, que tornou-se "O Médium".


Mais recentemente a AME-JF deu nova diagramação e linha editorial à revista, sem perder as raízes. A revista apresenta uma linguagem moderna, quase cotidiana, é impressa em papel de boa qualidade, com ilustrações e fotos compondo uma diagramação agradável ao leitor. Os conteúdos são sérios e pertinentes, com uma preocupação ímpar em mostrar a memória e a contemporaneidade do movimento espírita de sua região.


A leitura é agradável, em formato pequeno, de fácil transporte. Em breve "O Médium" estará não apenas nas bibliotecas espíritas e nas mãos dos adeptos, mas ocupando as salas de estar dos consultórios, compondo o kit de periódicos que os cafés oferecem aos seus frequentadores e em outros lugares públicos, cumprindo o seu papel de disseminadora do pensamento espírita pela sociedade.

4 comentários:

A.J.Orlando disse...

Jáder, interessa nte sua análise e comentários sobre "O Médium". Fiquei interesse em saber mais detalhes sobre o processo de distribuição para constar de consultórios e outras salas de espera. Você poderia compartilhar como está sendo planejada esta atividade? Abraços. A.J.Orlando - São Paulo/SP

Jáder Sampaio disse...

Prezado Orlando,

Grato pelo seu comentário. Na verdade, estava fazendo uma referência à linha editorial da revista. Como ela escreve em uma linguagem clara e direta, interessa ao grande público. Por enquanto, acho que seria necessário assiná-la para recebê-la em um consultório. O telefone para assinaturas é (32) 3212-5418 e o valor anual é de R$25,00 (Vinte e cinco reais) - dados de janeiro/fevereiro de 2008.

Cristiane disse...

Boa tarde!! Redação ...

... após um ano, tive um forte pensamento em escrever, talvez sirva para algo ou não, mas vou fazer aquilo que já deveria ter feito ... relatar uma experiência espiritual que acredito ter vivido mesmo sem acreditar que eu seja digna disso ... mas vamos lá ... há muito tempo tenho "sonhos", nos quais me vejo sempre sendo levada á vários lugares e fazendo algumas atividades das quais nem sempre me recordo de tudo quando volto. Antes de durmir sempre faço muitas orações para não sentir o que muitas vezes eu sinto antes de dormir. É uma sensação estranha de como se eu fosse sair de dentro de mim e que algumas vezes eu realmente me vejo saindo e já me vi dormindo, E isso me dá muito medo. Bom a um ano atrás no acidente ta Tam onde 199 pessoas estavam e foi um acidente que repercurtiu muito na Imprensa e hoje completou um ano, lembro que quando aconteceu fiquei muito comovida e fiquei me perguntando o quanto essas pessoas deveriam ter sofrido. Pois bem, tive um "sonho", daqueles com a mesma pessoa que me levava em lugares que acredito no plano espiritual, desta vez, ele me levou para andar em um tipo de "bondinho" voador e era segurando por um cordão bem fininho e claro e no momento que eu vi este fio pensei _ Meu Deus esse fio vai arrebentar e vai cair ... e nós vamos morrer!! A pessoa que estava ao meu lado e que por muitas vezes vejo em meus sonhos, quer dizer eu não vejo o rosto, mas já vi os pés e as mãos, bom, essa pessoa em pensamento pois não mexia os lábios para falar, ele me disse, porque está com medo da morte!! você já a conhece, já sabe como é, porque tem medo?? e então seguimos, lá em cima havia um avião, na verdade eu só via uma parte dele, de dentro dele estava saindo várias pessoas e fora dentro de outros "bondinhos voantes" como ao que eu estava haviam pessoas fazendo o resgate dessas pessoas de dentro do avião. Acredito que o mesmo avião que caiu e as pessoas estavam sendo resgatadas, e isso me mostrou que essas pessoas não sofreram, na verdade foram resgatadas, o avião ficou parado no ar, esperando um regate, isso não sei se aconteceu de verdade, mas foi o que eu interpretei com este "sonho". Já fui em centros espiritas e me disseram que eu tenho uma missão ainda não descobri o que é que devo fazer para a caridade, mas estou tentando descobrir, e assim que encontrar com certeza vou agarra-la, não me acho uma pessoa evoluida espiritualmente, tenho muitas falhas que ainda preciso corrigir, e nem sei se sou digna de ver tamanho trabalho espiritual como este, mas algo hoje me pediu para relatar este sonho e por isso resolvi escrever. Gostaria de agradecer, e mesmo que não seja publicado, gostaria de receber informações se houveram outras pessoas com a mesma ou alguma experiência como estas.


Muito obrigada!!!

Cristiane Máximo
Guarulhos -SP

k. disse...

Bom dia,

O jornalista Jesus de Oliveira foi meu tio em segundo-grau. De verdade, ele era irmao de meu avo. O filho de Jesus, Adail de Oliveira, que é também jornalista e viveu toda a sua vida em Juiz de Fora, ainda esta vivo. Seria interessante conversarem com ele prq ele é certamente o ultimo que conhece detalhes de toda esta historia, prq eu mesma a desconhecia. Ele ja esta em idade avancada, mas esta envelhecendo embora goste muito de conversar e seja uma pessoa muito intelgente e lucido.
(desculpe-me a falta de acentos)

Um bom dia a todos!

Katia