6.9.14

A MACONHA FAZ OU NÃO FAZ MAL?



Recebi de um amigo, psiquiatra, uma indicação de artigo sobre efeitos adversos do uso de marijuana (maconha), de autores do Instituto Nacional de Abuso de Drogas (Maryland - Estados Unidos?) e publicado em junho último pelo The New England Journal of Medicine. O trabalho é interessante e merece ser lido integralmente. 

Como a questão da liberação do uso da maconha está sendo debatido pela nossa sociedade, e aparece até mesmo em plataformas de candidatos, interessei-me por traduzir uma tabela que sintetiza os resultados encontrados em uma revisão de literatura (os autores leram  77 artigos sobre o tema, publicados em revistas técnicas) e compartilhar com os leitores do Espiritismo Comentado. 

O que acham dos resultados?



Efeitos adversos do uso em curto prazo e em longo-prazo ou intenso do uso de maconha

Efeitos em curto prazo

Prejuízo para a memória de curto prazo, tornando mais difícil aprender e reter informação
Prejuízo para a coordenação motora, interferindo com a habilidade de dirigir e aumentando o risco de acidentes
Alteração de julgamento, aumentando o risco de comportamentos sexuais que facilitam a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis
Em altas doses, paranoia e psicose

Efeitos em longo prazo ou uso intenso

Dependência (em cerca de 9% dos usuários de forma geral, 17% para os que começam o uso na adolescência e de 25 a 50% para os que são usuários diários) *
Desenvolvimento alterado do cérebro *
Pobres resultados educacionais, com aumento da probabilidade de abandono da escola *
Prejuízo cognitivo com QI mais baixo entre os que são usuários frequentes durante a adolescência *
Diminuição da satisfação com a vida e com realizações (determinado com base em medidas subjetivas e objetivas, em comparação com dados da população geral) *
Sintomas de bronquite crônica
Aumento do risco de transtornos psicóticos crônicos (incluindo esquizofrenia) em pessoas que têm predisposição a estes transtornos.
________________________________________________________________

* O efeito é fortemente associado com o uso inicial da maconha no início da adolescência

Há muitas informações interessantes, recomendo a todos os interessados no tema que se informem.



Fonte: Nora D. Volkow, M.D., Ruben D. Baler, Ph.D., Wilson M. Compton, M.D., and Susan R.B. Weiss, Ph.D. The New England Journal of Medicine. 5 junho de 2014, pag. 2219 a 2227. DOI: 10.1056/NEJMra1402309

Um comentário:

Dionizio arilha filho disse...

VI ISSO ACONTECER COM VÁRIAS PESSOAS QUE SE RELACIONARAM CONOSCO DESDE A ADOLESCÊNCIA....NÃO É SAUDAVEL. sÓ SE FOR COMO MEDICAMENTO, ACOMPANHADA POR UM BOM TERAPÊUTA. MEUS ALUNOS QUE USAVAM MACONHA FICAVAM FORA DA CASINHA , VIAJANDO NA MAIONESE.