20.11.07

O Corpo Elétrico

Há alguns anos, recebi um trabalho que dizia ter eliminado a variação de cores do efeito Kirlian com base no controle da pressão do dedo e da umidade corporal sobre o filme.



O Corpo Elétrico é a trajetória da Dra. Thelma Moss, psicóloga, pelo mundo acadêmico da UCLA e do mundo em busca de uma bioenergia. Utilizando esta técnica e a estatística disponível no seu tempo, Thelma pesquisou curadores psíquicos, acupunturistas, Uri Geller, sementes, pessoas normais, interação entre pessoas, diagnóstico de doenças a partir de fotografias elétricas... Foi publicado no Brasil pela editora Pensamento.

O livro conta como ela desenvolveu em anos de pesquisa um trabalho substantivo e precioso, que seria questionado por seus pares, por diversas razões: o fato de se estar pesquisando uma bioenergia, sua pesquisa com LSD, sua proximidade com a parapsicologia, suas viagens pela cortina de ferro e o seu perfil alternativo, bem californiano dos anos 60.

Thelma fotografou Uri Geller, e conseguiu um efeito de irradiação de energia.


Veja a foto de uma gota de tripsina em seu estado normal e "energizada" pela energia curativa da magnetizadora russa Olga Worral.



Veja agora as mãos de um Swami Indiano, em repouso e irradiantes, na pesquisa de um pesquisador da "cortina de ferro" chamado Dumitrescu.



Fotografia elétrica de uma semente de soja viva e outra morta quimicamente.



Abaixo, a curiosa foto que a autora denominou "retrato de família". Três dedos, de um casal e de seu filho. Os pais interagem energeticamente enquanto o filho parece isolar-se.

Esta e muitas outras fotos e narrativas de experimentos compõem o livro. Desnecessário dizer que diante de tantos fenômenos, o aparentemente conclusivo artigo fica devendo explicações mil a quem já pesquisou de forma mais cuidadosa a área.

Recomendo a leitura a todos.

Um comentário:

washington disse...

Gostaria de sugerir um contato com o Pesquisador Wilson Picler - de Curitiba - com o qual trabalhei no seu laboratório de psicotrônica. Ele tem material que foi apresentado em Mascou e na Suiça, sobre fotografia Kirlian. Só para esclarer melhor, do ponto de vista da Física alguns pontos, comumente comercializados, que carecem de base científica.
Estou encantado com este blog... gente, eu poderia passar dias aki, visitando cada área... fico muito feliz com o resuldo dos senhores. Fiquem com Deus.