16.8.13

O ESPIRITISMO NA ATUALIDADE




O livro acima será lançado no 9o. ENLIHPE, que ocorrerá nos dias 24e 25 de agosto próximos. Os inscritos no evento ganharão um exemplar. Quem se interessar poderá adquirir pela livraria do CCDPE-ECM, pela internet ou presencialmente. http://www.ccdpe.org.br (clique em livraria, na régua superior)

Abaixo, o texto da quarta capa.


O IBGE publicou os números do censo 2010 referentes à religião. O que aconteceu com o movimento espírita nos últimos dez anos? Cresceu? Diminuiu? Quem é o espírita brasileiro? Como o espiritismo se encontra hoje, se comparado com outras religiões brasileiras? Jeferson Betarello explica.

Como está a aceitação da ideia da reencarnação na Europa? O Dr. Marco Milani fez uma análise de um banco de dados gerado da pesquisa EVS – European Values Studies (em bom português, Estudo dos Valores Europeus) que mostra resultados surpreendentes. Afinal, o ateísmo não estaria disseminado na Europa?

Um acadêmico publicou recentemente um artigo que defende que Chico não seria senão um portador de transtorno mental. Ele se queixa da falta de pesquisas com o médium. No entanto, Chico deixou um acervo imenso de documentos, fruto de sua psicografia, que envolve, entre outras coisas, cartas de parentes desencarnados de pessoas que o procuravam. O que contém estas cartas? Elas trazem informações fidedignas? Falam de coisas reconhecidamente verdadeiras que não poderiam estar na mente de Chico pela via da aprendizagem? Como poderia um psicótico psicografar tantas cartas com informações que não poderiam estar em sua mente confusa? É o que pretende demonstrar com sua pesquisa o Dr. Ademir Xavier, que descreve com detalhes o projeto de estudar as cartas de Chico Xavier, hoje já bem avançado.

Como eram as relações entre espíritas e católicos em Uberaba antes da chegada de Chico Xavier? A historiadora Anna Lívia Gomes conta uma história cheia de conflitos e polêmicas, com personalidades interessantes, como o Doca, hoje pouco lembradas pela historiografia do espiritismo.


A Apometria foi proposta pelo Dr. Lacerda há alguns anos. Sua prática pode ser encontrada em muitas casas espíritas brasileiras, hoje. É uma proposta arrojada, que envolve de ideias espíritas à física, passando pela medicina. Ela se sustenta? Tem fundamentação nestas áreas de conhecimento? Uma análise à luz da física e do espiritismo é o que encontramos no trabalho do Dr. Alexandre Fonseca, encerrando mais uma contribuição à série Pesquisas brasileiras sobre o espiritismo, publicada pela parceria entre o Centro de Cultura, Documentação e Pesquisa do Espiritismo e a Liga de pesquisadores do espiritismo.

5 comentários:

Anônimo disse...

Jáder,

Interessante, recebi a indicação de um tratamento para um parente pela apometria por meio de grupo espírita de Goiânia há cerca de 6 anos. Não dei muita importância, por não ter o conhecimento do assunto no meio espírita. Agora vejo citando o assunto no livro "O Espiritismo na Atualidade. Bons ventos tragam firmeza ao assunto e que possa ser mais uma alternativa de tratamento.
Abraço,
Edélzia Sousa

Jáder Sampaio disse...

Edélzia, o artigo não entra no mérito dos resultados, porque o autor não fez pesquisa empírica. Ele mostra, entretanto, que há muitos erros com os conceitos e afirmações baseados na física e no pensamento kardequiano. Vamos estudar mais...

Ricardo Alves da Silva disse...

Pelo que está na chamada dos artigos, nesta quarta capa, esta edição parece estar excelente, Jáder!

Sucesso e Felicidades!

Jáder Sampaio disse...

Ricardo,

Sou suspeito para falar, mas gostei muito deste livro.

Um abraço

Jáder

Anônimo disse...

Sim, há muito que estudar sobre a apometria. Na verdade, estudar tudo... sempre...
Abraco,

Edelzia