2.9.08

História Espírita Concorre a Final do Projeto Generosidade da Editora Globo



Estas são algumas fotos da Oficina Escola de Ângelis, da Sociedade Espírita Joana de Ângelis.

Eu gostaria de lhes contar a história da sociedade, mas não posso. Primeiro porque não consigo escrever melhor que sua fundadora. Segundo, porque se vocês acessarem a história, estarão criando condições para que ela seja escolhida para um prêmio de duzentos mil reais, que auxiliará em muito a manutenção de 440 crianças de um dos bolsões de pobreza da capital mineira.

Ajude a divulgar. Leia e história. Emocione-se.

http://projetogenerosidade.com.br/site/materia.php?id=d8e1028cd8fa524f924d845a3b5cd9ce

4 comentários:

Joana disse...

Esta história é, de facto, emocionante! Vou divulgá-la também no meu blog e pedir a outros sites amigos que ajudem.

Obrigada por a dar a conhecer. Como diz a fundadora da instituição: "comecem com o que têm".

Joana disse...

Olá, outra vez.
Já estou a divulgar a notícia do concurso, mas recebi este comentário no meu blog e, também tenho dúvidas, sobre como ajudar.A história é escolhida pelo número de cliques no site?

Este foi o comentário que recebi:"Por crianças todo o esforço é pouco, mas não entendi como podemos ajudar.."

Obrigada
Joana

Jáder Sampaio disse...

Joana,

Segundo a informação que recebi, um dos critérios de seleção é o número de acessos na página dela do Projeto Generosidade, até o final de setembro.

Claro que sempre há outras coisas que podemos fazer pelo trabalho, como uma ação entre amigos, voluntariar-se, etc.

Sua pergunta é tão oportuna que penso que vou doar os direitos autorais do próximo livro que escrever para este trabalho. Conheço e atesto a idoneidade da Marlene e concordo com seu leitor, por crianças tudo o que fazemos é pouco.

Uma vez fui convidado a ir fazer uma palestra na SEJA e me perdi. O bairro é grande, e me vi junto a casas muito humildes. Pedi informação a um morador que estava assentado. Ele me deu algumas diretrizes, mas não muito claras, como eu não entendia claramente, ele gritou: "Fulaninha, venha cá explicar para o moço como se chega na sua escola..." Apareceu uma menina da segunda idade, com carinha feliz, e me explicou como chegar lá.

Grato pela ajuda.

Joana disse...

Obrigada pela informação.

A notícia está no Orkut, em várias comunidades espíritas e é notícia popular no diHITT: http://dihitt.com.br/dihitt/redir/1536937

"Se cada um fizer a sua parte..."
UM ABRAÇO