15.12.13

ENTRE MÉDIUNS: NOVAS FRONTEIRAS DA PESQUISA MEDIÚNICA

Julie Beischel, PhD

Acabei de ler o livro "Among Mediuns: a Scientist's Quest for Anwers" (Entre Médiuns: A Busca de uma Cientista por Respostas", escrito pela Doutora Julie Beischel, doutora em Farmacologia e Toxicologia na Universidade do Arizona - EUA. O livro foi publicado apenas como e-book, em língua inglesa, e pode ser facilmente adquirido no site da Amazon, e custou apenas R$ 10,15 (dez reais e quinze centavos!)

É um relato, quase uma conversa que ela faz com o leitor, apresentando sua trajetória e as principais linhas de pesquisa com médiuns realizadas no Windbridge Institute, organização que ela fundou com outros pesquisadores para dedicar-se ao entendimento da mediunidade.

Minha leitura carrega sempre alguns olhares: a do professor-pesquisador, a do espírita, a do médium, a do humanista. Posso não concordar com tudo o que ela pensa e diz, mas saí muito favoravelmente impressionado com o trabalho dela.

Beischel dividiu as pesquisas em três grandes programas: o programa de pesquisas de informação (que informações trazem as mensagens mediúnicas?), o programa de pesquisas de operação (o que sentem e vivenciam, como modificam os organismos e qual é a psicologia dos médiuns durante o transe?) e o programa de pesquisas de aplicação (uso da mediunidade no tratamento do luto/melancolia, no apoio às investigações policiais, entre outros).

Do ponto de vista metodológico, chama a atenção a inteligência do design experimental usado nas pesquisas. Ao criar instâncias entre o médium e o consulente, além de nunca permitir o contato direto destes, ela conseguiu fazer avançar um tema que se encontrava "travado" desde a pesquisa de Rhine e as oposições dos céticos, e inovou ao desenvolver métodos para verificar a qualidade das informações fornecidas pelos médiuns, praticamente anulando hipóteses como cold readings e outras usadas para justificar os acertos realizados por eles.

Um dos capítulos que me emocionou foi o das aplicações, especialmente quando ela fala do luto/melancolia. Julie cita alguns casos de pessoas que reescreveram seu script de vida após receberem uma comunicação mediúnica de afetos que já se foram. Ela diz que se a indústria farmacêutica tivesse um remédio de efeito tão imediato sobre o luto, seu inventor já teria ficado rico e notório.

O capítulo das pesquisas fenomenológicas, fisiológicas e psicológicas da mediunidade também é um primor. Ela se refere aos estudos de personalidade dos médiuns (na amostra dela, das médiuns), usando o MTBI (Inventário de Tipos Psicológicos Myers-Briggs), por exemplo, que classifica as pessoas segundo a proposta de tipos psicológicos de Jung. 83% dos médiuns foram classificados com a díade de tipos intuição-sentimento.

Este é um livro cuja tradução faria sucesso e causaria alguma polêmica em nosso meio. Quem sabe não conseguimos autorização da fundadora do Windbridge Institute para traduzi-lo para o português?

10 comentários:

Anderson disse...

Prezado Jáder,

É com alegria que leio a sua postagem. Um trabalho desta envergadura deve estar à disposição de leitores-pesquisadores como eu, por exemplo, que ainda não possuem o domínio da língua inglesa de forma a poder ler com tranquilidade estes textos. Além da estrutura de pesquisa que ela adotou. Sinto falta de notícias de núcleos de pesquisa como os dela aqui no Brasil. Obrigado pela notícia,

Fraternalmente,

Anderson

Carmine Maglio Neto disse...

se precisar de um parceiro para fazer a traduçao.....
Ja estou baixando o livro para ler....

Marcelo disse...

Oi Jáder,

Moro em Tucson (AZ) mesma cidade do Institudo Windbridge, já até comentei certa vez por aqui.

Poderia ajudar nesta empreitada, eu mesmo quando li este livro pensei em traduzi-lo.

Por ter colaborado financeiramente com um projeto, recebo regularmente os boletins do instituto, poderia tentar contactar a Julie a respeito desta tradução.

Jáder Sampaio disse...

Oi, Marcelo. Um amigo já enviou a matéria para Julie, vamos ver se é possível a tradução. Eu agradeço toda a ajuda possível na tradução, se o projeto for aprovado, entro em contato. Você pode me enviar seu e-mail para o sampaiojader@gmail.com?

Sandro Fontana disse...

Olá Jader, parabens pela resenha, espero e torço para que se consiga autorização para fazer uma publicação em português.

Acho que será de enorme ganho para nosso país e espiritismo.

Abraços

Sandro

Sandro Fontana disse...

Olá Jader!

Parabens pela resenha. Vou torcer para que logo consigam autorização para publicação em português. Acredito que isso contribuirá em muito para o espiritismo e para o nosso país.

José Lourenço de Sousa Neto disse...

E aí, Jáder? O livro foi traduzido?

Jáder Sampaio disse...

Lourenço, como não tive resposta da autora, não iniciei ainda o trabalho.

Fábio Bezerra disse...

Olá, Jáder !

Gostaria de saber se a dra.Julie Beischel já autorizou a tradução do seu livro Among Mediuns. Realmente seria excelente !

Abraços fraternos

Jáder Sampaio disse...

Fábio, infelizmente não. Meu editor tentou entrar em contato com ela, eu escrevi diretamente, mas não obtive resposta. Lamento.