10.1.14

SINCRETISMO E IDENTIDADE NO MOVIMENTO ESPÍRITA BRASILEIRO

Alexandre Fontes da Fonseca, editor do Jornal de Estudos Espíritas




O Jornal de Estudos Espíritas está entrando em seu segundo ano de funcionamento e tivemos a grata satisfação de ter aceito um trabalho nosso intitulado "Éthos, sincretismo e identidade do Espiritismo Brasileiro".  ( https://sites.google.com/site/jeespiritas/volumes/volume-2---2014 )

Ele tenta mostrar como o éthos do espiritismo é um forte elemento identitário do mesmo. Busca recuperar a trajetória do espiritismo no Brasil e as influências a que esteve exposto o movimento espírita, detendo-se nos cismas e grupos que saíram deste, constituindo movimentos espiritualistas à parte.

O artigo recupera um trabalho desenvolvido em nossa tese de doutoramento, na qual apresenta três elementos do éthos espírita obtidos na obra de Kardec: fundamentos, valores e imperativos.

Ao final se faz uma rápida reflexão sobre as tensões dos dias de hoje e suas perspectivas.

Se os leitores se interessarem pelo Jornal de Estudos Espíritas, que é gratuito e digital, e quiserem acompanhar suas publicações, basta enviar seu e-mail para o endereço: jestudosespiritas@gmail.com 

Um comentário:

Ricardo Alves da Silva disse...

Parabéns pelo artigo, Jáder Dos Reis Sampaio!

Acredito ser importante meditar sobre a distância existente entre o éthos e a ética espíritas, cujas definições aprendi (acho!!) neste seu trabalho.

E perceber que essa distância existe em qualquer situação (movimento majoritário ou não) é um desafio, pois muitos pretendemos estar mais alinhados com o pensar e agir de Kardec! Só não sei como, uma vez que somos Espíritos imortais com conhecimentos distintos e vivendo em contextos sociais igualmente diferentes.

Muito ainda para aprender e servir.
Obrigado pelo trabalho!