26.9.15

RECUPERADO FILME SOBRE O PRIMEIRO CONGRESSO DE MOCIDADES ESPÍRITAS DO BRASIL



Leopoldo Machado e Lins de Vasconcellos foram os organizadores do Primeiro Congresso de Mocidades Espíritas do Brasil, acontecido em 1948. Leopoldo defendia ideias de fortalecimento das atividades espíritas ligadas à ação social e aos problemas humanos. Ele intitulava de Cruzada de Espiritismo dos Vivos, estes princípios.

O vídeo parece ter sido criado como propaganda do evento, ele destaca a abertura, os apoios, as instituições que colaboraram com sua realização e os destaques, mas não apresenta o conteúdo ou suas deliberações. 

As principais ideias de Leopoldo Machado para as mocidades espíritas encontram-se no livro "Cruzada do Espiritismo dos Vivos", publicado em 1948 pela editora paulista O Clarim, de Matão-SP. Como foi publicado no mesmo ano do Congresso, não há nele informações sobre o que foi defendido ou deliberado.

O Anuário Histórico Espírita, organizado por Eduardo Carvalho Monteiro, traz mais algumas informações sobre o evento, que foram obtidas em entrevista de Thaumaturgo José Luz com Antônio Lucena.

Gabriela Araújo Costa, em sua biografia sobre Leopoldo, publicou as informações abaixo sobre o Congresso:

"Ainda em 1948, Leopoldo Machado, por sua preocupação e dedicação ao movimento espírita jovem, é convidado para presidir o I Congresso de Mocidades Espíritas do Brasil. Leopoldo recusa, dizendo pertencer a FEB o direito à presidência do Congresso. A FEB, por sua vez, recusa o convite, alegando já haver a União das Juventudes Espíritas do Distrito Federal. Leopoldo então aceita o convite para presidir o Congresso e, em 17 de julho de 1948, inicia-se uma das mais belas manifestações do Espiritismo de Vivos. Foram mais de 600 jovens de vários estados trocando experiências sobre o funcionamento de suas Mocidades, obras assistenciais, edição de jornais, entre outras atividades.

Transcrevemos as conclusões do evento em outra matéria do Espiritismo Comentado, baseada em um livro de Clóvis Ramos, cedido por Eduardo Carvalho Monteiro. Confira:

3 comentários:

Pedro Nakano disse...

Parabéns ao Espiritismo Comentado por recuperar este filme de Leopoldo Machado e Lins de Vasconcellos e pesquisar as conclusões daquele evento, lastreada em Clóvis Ramos e em nosso saudoso e querido Eduardo Carvalho Monteiro.
Interessante observar o jovem Altivo Ferreira, que viria a ser vice presidente da FEB, onde em abril p.p. foi homenageado durante 16ºCongresso da USE-SP em Santos.

Pedro Nakano
Presidente
CCDPE-ECM - Centro de Cultura, Documentação e Pesquisa do Espiritismo Eduardo Carvalho Monteiro - São Paulo
www.ccdpe.org.br

Jáder Sampaio disse...

Pedro, agradeço o incentivo, mas o EC apenas achou o filme já publicado no Facebook. Estamos atrás dos mineiros que estiveram neste evento, creio que Noraldino e Martins Peralva lá estiveram.

O Antônio Lucena não apenas foi, como ficou na casa do Imbassahy e mudou-se para o Rio de Janeiro.

Dois anos depois foi feito um congresso mineiro de mocidades, e foi trazido o Leopoldo Machado para participar, o que ele registrou em um de seus livros.

Simone Vieira disse...

muito bonito. obrigada.