31.8.16

O 12o. ENLIHPE SE FOI: QUE VENHA O 13o.

Mesa de encerramento do 12o. ENLIHPE: Da esquerda para direita - Raphael Vivacqua Carneiro (FEES), Jáder Cabral (UEM), Paulo Mourinha (FEP), Marco Milani (LIHPE), Júlia Nezu (USE-SP), Pedro Nakano (CCDPE-ECM) e Eurípedes (FEEGO)


Chegamos ao final do 12o. ENLIHPE que teve por tema Mediunidade: História e Pesquisa.

O sábado pela manhã foi ocupado com uma mesa de estudos sobre história da mediunidade, que trataram das pesquisas anteriores e contemporâneas a Allan Kardec (Marcelo Gulão), do próprio trabalho de Kardec (Jaqueline), da vida de um interessante luso-brasileiro, Batuíra (Fausto) e do emprego de métodos de história oral como fontes históricas, assim como das principais escolas de pensamento histórico (Adolfo).

A tarde iniciou-se com uma entrevista gravada com o médium Fernando Ben, que falou de suas faculdades e orientações (Marco Milani), das pesquisas do Instituto Windbridge, nos Estados Unidos, hoje (Jáder Sampaio) e de uma revisão de pesquisas psicológicas e fisiológicas com médiuns, um paralelo com doutrinas orientais (Yoga, principalmente) e as teorias explicativas contemporâneas em curso (Adilson Assis)

A tarde encerrou-se com o lançamento dos livros: "Novos estudos sobre a reencarnação", organizado pela coordenação do ENLIHPE e "Os fantasmas e suas aparições", traduzido por mim.



Da esquerda para a direita: acima - Adilson Assis, Pedro Nakano, Marcelo Gulão e Marco Milani. Abaixo - Alexandre Rocha, Jáder Sampaio e Júlia Nezu

O domingo começou com a reunião administrativa da LIHPE, que teve por resultados a ampliação da comissão organizadora, com a inclusão de Gilmar Trivelato, Marcelo Gulão e Alexandre Ramos de Albuquerque. A coordenação geral ficou a encargo de Marco Milani até o próximo encontro nacional e o tema do próximo encontro será "Preces e curas espirituais". 

Quatro núcleos regionais da LIHPE iniciarão reuniões: em Lisboa - Portugal, tendo como articulador o Dr. Paulo Mourinha, em Vitória, no Espírito Santo, tendo como articulador o Raphael Vivacqua Carneiro, em São Paulo, tendo como articuladores Marco Milani, Júlia Nezu e Pedro Nakano, e finalmente em Belo Horizonte - MG, tendo como articuladores Jáder Sampaio e Jáder Cabral.

Uma comissão irá pensar o marketing do encontro, composta por Pedro Nakano, Sílvio e Romeu.

Gilmar Trivelato irá compor uma equipe de apoio em metodologia de pesquisa, para auxílio dos interessados em apresentar trabalhos ou realizar estudos.



Ada May, Jáder Sampaio e Alexandre Rocha

Após a reunião administrativa, o ENLIHPE recebeu a visita de Adriano Marques, o mochileiro, jornalista responsável pelo programa Roteiro, da Rádio Boa Nova. Em breve teremos o resultado das entrevistas que ele fez com diversos participantes do encontro.

A primeira mesa do domingo teve como convidados Ada May, que veio lançar seu livro A Terra da Promessa e ainda nos falou sobre o livro O Cético. Alexandre Rocha, do Instituto Lachâtre, deu notícias de dois autores franceses que tiveram alguns de seus livros traduzidos para o nosso idioma pela editora: François Gaudin (pesquisador da vida de Maurice Lachâtre, e que agora está pesquisando Rivail) e Jean Prieur, de 102 anos, que teve seu livro "Allan Kardec e sua época" e "Hitler, médium das trevas" traduzidos no último biênio.




A última sequência de exposições foi composta pelo jovem Antônio Marcos, que fez uma revisão extensa de estudos sobre mediunidade, Guilherme Velho, que falou da mediunidade de Fernando Ben e mostrou resultados de Transcomunicação Instrumental e do Dr. Paulo Mourinha, que nos apresentou uma síntese da história do espiritismo em Portugal.

O evento foi bastante dinâmico e atraiu pessoas de diversos estados brasileiros, como São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Goiás. A USE-SP nos recebeu em seu auditório no bairro paulistano de Santana e a comissão organizadora não poupou esforços para acolher e alimentar bem os participantes.

Foram muitos os encontros e conversas, muitas pessoas que antes eram apenas um nome na tela de computador e que se aproximaram, conheceram, "trocaram figurinhas". O 12o. ENLIHPE tem tudo para gerar um belo livro sobre mediunidade em 2017, mas agora iremos redobrar esforços para divulgar o recém lançado "Novos estudos sobre a reencarnação".



Faltou um destaque maior para apresentação da obra da homenageada, a médium Yvonne A. Pereira, que não apenas foi médium romancista de renome nacional, como produziu um imenso material de reflexão teórica sobre a mediunidade em seus livros "Recordações da Mediunidade", "Devassando o invisível", "Memórias de um suicida" e todos os artigos que publicou na revista Reformador com o pseudônimo Frederico Francisco (em homenagem a Chopin).



3 comentários:

Cláudio Zadorosny disse...

Parabéns! Continuem o trabalho de se esforçar para trazer informação de qualidade (suficientemente fundamentada) e então, quando a hora chegar, retomar o desenvolvimento com todas as forças e nos moldes deixados por Kardec, da Ciência Espírita. O trabalho de vocês é muito importante!

Abraço

Jáder Sampaio disse...

Agradeço em nome da coordenação, Cláudio.

Jáder Sampaio disse...

Agradeço em nome da coordenação, Cláudio.