13.6.09

ELEITA NOVA DIRETORIA DA USE - SP

Figura 1: Membros da nova diretoria da USE-SP

A União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo, órgão que representa o movimento paulista junto ao Conselho Federativo Nacional - CFN, foi eleita em assembléia geral e a nova diretoria ficou assim composta (2009/2012):

Presidente: José Antônio Luiz Balieiro - USE Intermunicipal Ribeirão Preto

1ª. Vice Presidente: Julia Nezu Oliveira - USE Distrital Jabaquara

2ª. Vice Presidente: Neli Del Nery Prado - USE Intermunicipal Bauru

Secretária Geral: Neyde Schneider – USE Distrital Lapa

1º. Secretário: Aparecido José Orlando - USE Intermunicipal São José dos Campos

2º. Secretário: Hélio Alves Correa - USE Intermunicipal Sorocaba

3º. Secretário: João Thiago Garcia - USE Intermunicipal Jundiaí

1º. Tesoureiro: Rosana Amado Gaspar - USE Distrital Freguesia do Ó

2º. Tesoureiro: Adonay Fernandes de Andrade – USE Distrital Tatuapé

Diretor de Patrimônio: Pascoal Antônio Bovino - USE Intermunicipal Ribeirão Preto

O Espiritismo Comentado parabeniza ao movimento paulista e deseja uma gestão plena de realizações.


Para os leitores que não conhecem a organização do Movimento Espírita Brasileiro, uma nota breve.

Figura 2: Estrutura das relações institucionais entre sociedades espíritas e CFN.
Fonte: Site da FEB


A Federação Espírita Brasileira, instituição centenária, é uma associação civil sem fins lucrativos com associados que formam uma assembléia e escolhem sua diretoria. Ela abriga e operacionaliza as decisões emanadas pelo Conselho Federativo Nacional - CFN, órgão formado por representantes das federativas estaduais e de algumas instituições não regionais (entidades especializadas de âmbito nacional), como a Associação Brasileira de Divulgadores do Espiritismo (ABRADE), a Associação Brasileira de Magistrados Espíritas (ABRAME), o Instituto de Cultura Espírita do Brasil (ICEB), a Cruzada dos Militares Espíritas e a Associação Médico-Espírita do Brasil.

Cada estado brasileiro participa do CFN com representação de uma Federativa, a que tiver maior número de Centros Espíritas filiados, que no caso de São Paulo é a USE.

O CFN não tem caráter normativo e convive com a plena liberdade de organização das casas espíritas. É um órgão que tem por função o desencadeamento de ações de âmbito nacional e de apoio às federativas e sociedades espíritas.

Nenhum comentário: