18.8.15

RESULTADOS DA PESQUISA SOBRE PERFIS DE ESPÍRITAS BRASILEIROS



Ivan Franzolim fez uma pesquisa com pouco mais de 1200 espíritas, em 23 dos estados brasileiros, Foram feitas 40 perguntas sobre assuntos diversos, identificação, atuação do movimento espírita e inclusive questões ligadas ao pensamento espírita (opiniões sobre questões polêmicas, por exemplo).  

Ele encontrou, por exemplo, 5 grupos (clusters ou conglomerados) de espíritas, a partir de seus dados, que denominou como: 

1. Contestadores
2. Dirigentes
3. Convertidos
4. Frequentadores
5. Pensadores

Interessante, não? 

Os resultados e metodologia da pesquisa dele pode ser lida no blog: http://franzolim.blogspot.com.br/2015/08/resultados-da-pesquisa-para-espiritas.html




2 comentários:

Ivan Franzolim disse...

A pesquisa aponta alguns entendimentos interessantes, como:
O Espiritismo não é Religião e possui consequências morais para 30,3% dos espíritas.
Jesus teve uma evolução reta, sem grandes erros para 42,3% dos espíritas.
Pouco mais da metade dos espíritas não conhece a tese de Roustaing sobre o corpo fluídico de Jesus (57%).
Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho. 73,3% dos espíritas concordam parcial ou totalmente com essa afirmação. Quanto maior é o grau de estudo, menor é a aceitação dessa afirmação.

Jáder Sampaio disse...

Ivan, cuidado com os percentuais. Como a amostra não é aleatória, deve-se evitar a generalização, apesar do número de respondentes. O mérito do seu trabalho está em mostrar a existência de formas de pensar e de articular o pensamento espírita que podem ter sido subestimados ou simplesmente considerados próprios de pessoas sem conhecimento doutrinário. Aperfeiçoe a pesquisa no futuro!